Quinta-feira, 23 de Março de 2006

INDEPENDENCIA DO NORTE

Quem me dera que o Norte de Portugal, do rio Douro para cima fosse independente da capital, que fosse formada uma região autónoma, onde pudéssemos gerir os nossos recursos económicos, culturais, sociais e administrativos, sem a interferência dos almofadinhas de Lisboa! Não há paciência que resista ás constantes críticas da comunicação social a tudo o que é do Norte.! Não temos necessidade de sofrer na pele pelas constantes negligências da Administração central no que respeita a descentralização regional, falta de apoios logísticos, esquecimento do mundo rural etc.

Esquecem-se os do Sul, que Portugal nasceu no Norte e que a origem do seu nome e língua é PORTUSCALE !!

Por favor não nos imponham sotaques sulistas que não se encaixam nas nossas raízes culturais.

Já não será para a minha geração, mas espero que num futuro ainda que longínquo, sigamos o exemplo dos espanhóis, criando a grande região autónoma de RIBA DOURO, onde possamos viver e decidir nossos destinos em comunidade com os nossos irmãos da Galiza e Astúrias, povos com quem temos total comunhão de usos, costumes, língua e tradição.

 

sinto-me: DECEPCIONADO
música: PORTO SENTIDO
publicado por urtiga às 16:21
link do post | comentar | favorito
|
79 comentários:
De Palmestre a 7 de Outubro de 2006 às 09:57
Concordo! Sendo algarvio tenho notado que a única coisa que une o norte e o sul de Portugal é ambos serem chungas:
-se a uns não lhes cheira a peixe e aos outros a porco, desconfiam!


De urtiga a 9 de Outubro de 2006 às 23:34
Palmestre, concordo contigo, não há nada mesmo nada que nos una, já que no Norte o peixe fresco cheira sempre bem, e o porco bem cozinhado, avinhado,e defumado é prato de regalar, portanto esses 2 elementos pertencem ao Norte específicamente.
Junta-te pf á Moirama a que pertences, lamento
URTIGA


De palmestre a 20 de Abril de 2007 às 18:49
Decididamente: - cheira a porco!


De Norte a 27 de Fevereiro de 2007 às 18:43
Cara camarada vejo que estamos de acordo.
De facto apoio e sou um ferrenho adepto da independencia, até porque este não é o nosso país.
O nosso verdadeiro país é a Galécia, da Galiza ao Mondego. Muitos defendem até ao Douro como você, mas isso é uma questão que pode ser resolvida e agradar a todos na mesma. Douro para cima um país Galaico independente. Mondego até Douro outro país Galaico independente e pronto ja´se conservavam os 2 países e evitava-se que se perdessem fruto da mistura com a moirama.

Cara camarada conheça melhor o movimento de independencia do norte
visite http://redegalaica.blogspot.com e leia os vários textos e blogues que recomendamos.
Fique a par do movimento e se possivel apoie-nos e divulgue-nos
Precisamos é de levar isto para a frente, ter mais gente, crescer para conseguirmos realizar o sonho da independencia

Saudaçoes Galaicas


De Anónimo a 20 de Julho de 2007 às 23:52
Gostei bastante do seu comentario...e neste momento ando a tratar da criação de uma obra litararia sobre o NORTE e muitos dos assuntos ligados a ele.

o meu e-mail e MACANCKOR@YAHOO.COM


De urtiga a 1 de Março de 2007 às 02:46
Caro amigo nortenho, do Mondego para cima completamente de acordo, já que este foi o limite do primitivo Condado Portucalense.
Repito e insisto que não podemos calar a voz de milhares de conterrâneos que como nós anseiam por uma autonomia capaz e eficiente, sobretudo separada do povo que a Sul do Mondego já não fala sequer o verdadeiro Galaico Português.
E pensar eu, que D.Afonso Henriques se preparou para anexar a Galiza antes da conquista de Lisboa, só não tendo concretizado tal missão pela necessidade de afastar os Mouros que a Sul ameaçavam o território já conquistado! Que pena!
Mas algo terá que ser concretizado disso não tenho duvida.Unamos os nossos esforços.Eu pela minha parte já tenho participado em vários forums com a Galiza que nos estima como irmãos. Não tenha dudida : Juntos constituiríamos uma força no Noroeste Peninsular capaz de dar cartas no plano económico, turistico , rural e industrial.
Vamos em frente e sempre em contacto.
Um abraço
Urtiga



De Anónimo a 22 de Abril de 2007 às 01:22
É pena mas estes movimentos não têm tido mta visibilidade, sei que estão ainda no começo mas acho que deveríamos ir em frente. O que se pode fazer para ajudar? (PS: Há muita gente, mesmo muita, que partilha da mesma opinião, apenas precisamos de mais visibilidade)


De urtiga a 23 de Abril de 2007 às 00:40
Caro anónimo, que espero possa vir a identificar-se mais tarde!
Há muita coisa a fazer, e é isso mesmo que pensam os nossos irmãos da Galiza. Somos uma só região da Corunha ao Rio Douro, com uma só lingua , a mesma cultura e tradições!
Na Galiza há fortes movimentos em fóruns na Net, onde conjuntamente connosco querem ser incluídos na comunidade lusófona da lingua galaico-portuguesa..
Querem também que lhes seja facultado o sinal das nossas cadeias de televisão, para assim terem um contacto mais forte com a nossa lingua comum!
Muita coisa já está a ser feita, e para isso esteja atento á nossa imprensa (JN) onde foi divulgado na semana passada o plano conjunto para a dinamização industrial, tranportes,saude etc, com a partcipação do presidente da Junta da Galiza e dos nossos responsáveis pela região Norte.
Há um Forum na Net, criado na Galiza, cujo e-mail lhe indicarei caso lhe interesse, e onde pode encontrar troca de mensagens interessantíssimas entre galegos e portugueses.
Contacte-me
Mariaurtiga


De Palmestre a 25 de Abril de 2007 às 11:32
Sendo «mouro» não tenho muito de que me orgulhar, agora por mais que dê voltas ao meu genéticamente inferior intelecto não consigo vislumbrar motivo para tanto orgulho em ser galego ou portuchunguês do norte. Pronto é da minha comprovadíssima inferioridade genética.


De urtiga a 26 de Abril de 2007 às 01:51
É isso mesmo , meu amigo!

Falta-vos o orgulho da raça, e ninguém entende o vosso dialecto, daí a necessidade que temos numa separação, e quiçá depois tentar manter uma politica de boa vizinhança. SÓ ISSO NADA MAIS !
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

É isso mesmo , meu amigo!<img src="http://blogs.sapo.pt/images/mood/EMOTICON_CRY.png"> <BR><BR>Falta-vos o orgulho da raça, e ninguém entende o vosso dialecto, daí a necessidade que temos numa separação, e quiçá depois tentar manter uma politica de boa vizinhança. SÓ ISSO NADA MAIS ! <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>MariaUrtiga</A>


De Galassa a 5 de Julho de 2007 às 00:19
Cara urtiga, gostaria de falar consigo em privado por e-mail acerca deste assunto.
Não sei o seu e-mail, será que me poderia mandar um email para ficar a saber o seu e começarmos a falar?
Fico à sua espera.
galassa@sapo.pt

PS depois apague este comentario para nao se ver o mail


De biga a 5 de Julho de 2007 às 02:56
caro Galassa,
Fiquei curiosa!

Porque não comenta o meu artigo aqui nos blogs?
De facto escrevi o que penso, e espero que faça o mesmo sem necessidade de recorrer a e-mails privados!
Um abraço e aguardo notícias suas.
Urtiga


De Galassa a 5 de Julho de 2007 às 20:43
Sou independentista e preferia falar-lhe sobre o movimento de independencia do norte em privado.
Isto hoje em dia ha que ter cuidado pois nao ha muita liberdade de expressão, acredite. Isto cada vez esta pior...
E para lhe informar um pouco sobre o movimento penso que devo-o fazer em privado.
Enfim, é como quiser. Apague é a minha mensagem acima, para o meu mail não estar exposto por favor.

vejo que já conhece o portal de ligações de blogues do movimento http://redegalaica.blogspot.com já é um bom começo


De urtiga a 6 de Julho de 2007 às 02:06
Oh meu caro Galassa, independentista como eu, mas afinal do que é que o meu amigo tem medo !
De dizer a verdade, de proclamar que gostaria de estar isolado da metade de Portugal a sul do DOURO????????
Desculpe a rudeza, mas que raio de homem do Norte você me saíu!! Perdoe-me esta franqueza, mas eu sou assim, dona do meu nariz, das minhas origens,costumes, lingua,dignidade e sobretudo com o maior orgulho nesta parcela que deu o nome ao país que nós temos, e que eles, os do sul usam sem raça nem glória.
Eu apago o seu e-mail, esteja descansado!
Pode ser até que lhe venha a dar o meu (a ver vamos meu amigo) mas fale, fale sem medo, que os mouros há muito que se foram daqui, e os que restam , por muito que esperneiem, não nos fazem mossa!Eles nem falam português!!! Já agora, e há dias num dos foruns que mantenho com a Galiza, apareceu um madeirense a dizer que numa das suas viagens de férias pela Galiza, chegou á conclusão que percebia melhor a lingua galega, do que os alentejanos ,lisboetas e algarvios !ah!ah!ah!
E agora por falar em mossa: Viu os prós e contras realizado aqui no Porto, na semana passada? Gostei de ouvir especialmente o Rui Moreira a falar sobre a sua adesão a uma nova regionalização, já que a primeira não passava de uma farsa.
Gostei também de ouvir o presidente Touriño da Junta da Galiza, e de reconhecer que para eles a constituição de uma região autónoma foi um exito!
Amen, e que para nós venha a ser o mesmo num futuro próximo.
Já agora lhe digo, que sou e vivo no Porto!
Vá falando sempre que puder, pois como vê há muitas pessoas que pensam como nós!
Ora bem só lhe reconheço medo, se você fôr funcionário publico! Que tristeza, veja ao que nós chegamos e ainda falam do Salazar !!!! Socialistas !!!!Promessas vãs, que desilusão
Até sempre
Maria Urtiga


De português a 25 de Novembro de 2007 às 16:25
desculpem a modestia , mas este post é uma...agora os do norte querem a independência?? ah ah ah ah... depois morriam de fome... portugal é um pais UNICO , UNIDO... do minho ao algarve ... n se metam kom ideias OK??? nunca vão ser independentes, tejam descansados... se ouvesse pa i alguma rebeliaõzita frostrada , por n serem independentes, era prontament reprimidas pelo exercito portuugues .. se querem continuar bemzinho , estejam quietinhos no vosso sitio... somos tods um pais, ninguem é mais k os outros, somos tods iguais do norte do centro do sul e das ilhas ... somos PORTUGUESES.... é este o nosso espirito .... ja vi dizerem k são muitos a kompartilhar dessa ideia independentista, ixo é mentira... n passam de uns meros frustrados quem ker a independencia ... um abraço de um portugues assumido do centro, lourinhã ...


De Maria da Fonte a 28 de Junho de 2016 às 23:01
Nós morríamos de fome???!!!
Vocês aí em baixo é que morriam, somos nós o norte o alavanca económica de Portugal. Vocês sulistas é só o Alentejo deserto e envelhecido, é o fado e não sei que mais.
Nós no norte temos as grandes romarias e os maiores monumentos do
país como o Bom Jesus de Braga entre outros.
Porque é o norte tão desprezado pelo sul???
Nós não somos tacanhos e prova disso é a nossa exigência de independência.
Independência do Norte Já!


De urtiga a 29 de Junho de 2016 às 23:51
Agora é que nós vamos aproveitar o Brexit...e mandar estes parolos do Sul apreender a escrever Português......Parasitas sem eira nem beira....saloios de profissão !!!!!

Portugal começou no Norte ...Força á nossa identidade....


De Fulano a 1 de Maio de 2009 às 08:00
«Usar a portugalidade com raça e glória» - refere-se a ser bacôco, parôlo, tacanho e pomposo? Bem me parecia!


De biga a 20 de Dezembro de 2007 às 02:54
Bem se vê que é mouro!!!! Nem português sabe escrever.!!! Da Lourinhâ ahahah!!!
Sem identidade nem raça!! Que nojo Faça-se luz na tua cabeça ó labrego!


De Maria da Fonte a 29 de Junho de 2016 às 19:23
Camarada, já viu estes parolos do sul que não sabem falar português a quererem impor-nos o seu modo de falar.
Aqui nasceu Portugal e D. Afonso Henriques e por isso se há alguém que fala o verdadeiro português somos nós!


De Mouro a 19 de Fevereiro de 2008 às 17:24
Isso sim era bom!! Portugal dividido em 3 partes, ou melhor ainda, países totalmente independentes uns dos outros. Riba Douro ficaria com o território acima do mondego e com a herança histórica e cultural de que tanto se orgulham. A lusitãnia, ou que lhe quisessem chamar, seria tudo até ao Algarve, e ficaria com a javardice do presente da qual são os maiores responsáveis.Sobra o Algarve, que livre das amarras do Centro e Norte, poderia assim explorar todo o seu potencial e encarar o futuro como um país civilizado e competitivo. Riba Douro que fique com o passado que nós ficamos com o futuro.


De biga a 20 de Fevereiro de 2008 às 01:25
Ora até que enfim podemos dialogar com gente inteligente!!! Mente aberta, e horizontes vastos virados para o Norte de África de donde provêm os vossos antepassados!
Aproveitem bem o Sol, durmam a sesta debaixo da bananeira , construam milhares de empreeendimentos que destruam a Natureza e os parques ecológicos, (ex: Fuzeta), e sobretudo vivam a vida num dolce far niente!!!!
É isso, lutem pela regionalização, e posterior divisão do país em 3 partes (Não esqueçam que a vossa região incluí ainda o bem amado Alentejo!!!

Quanto a nós, Galiza Sul, que bem ficaremos com a nossa história, cultura e costumes que nada têm a ver com os vossos.
Ciao caríssimos !!!


De Mouro a 23 de Fevereiro de 2008 às 21:05
Zig heil para si minha amiga pseudo-ariana!


De Mouro a 23 de Fevereiro de 2008 às 21:06
perdão... SIEG HEIL! É assim que se escreve.


De Fulano a 1 de Maio de 2009 às 08:13
Em recente estudo genético realizado em Portugal concluiu-se que a zona a sul do Tejo teria maior percentagem de população com genes de origem norte africana. Segundo o tal estudo seria de 18%, 32% para origem israelita e 50% europeia. A norte do Tejo não lembro mas lembro que na Galiza a percentagem de genes de origem norte africana seria de 11%. Isto tudo sendo irrelevante. Gente de vistas estreitas há em todo o lado,
com raça (como toda a gente) e sem glória e um brilho de pechisbeque.


De Portuense a 28 de Março de 2011 às 02:09
Só para te informar que o que escreves não é verdade, os portugueses quer do norte quer do centro quer do sul devem ser dos povos mais homogeneos da Europa, isto em termos genéticos, racialmente são da mesma raça (branca), mesma lingua, mesmo folclore. De facto se Portugal não é homegeno o que dizer de uma Alemanha, ou de uma Itália, de uma França, Espanha, Polónia, Suécia, etc... é um pouco ridiculo e Portugal tem as fronteiras mais antigas da Europa, algo sem paralelo.


De biga a 29 de Março de 2011 às 02:08
AI AI AI...Santa Ignorância, pior ainda vinda de um denominado PORTUENSE !!
Então não sabe que geneticamente, somos o produto final de uma mistura gigantesca de raças !!
Celtas-Visigodos-Lusitanos-Francos-Bretões-Romanos-Cartagineses-Fenícios-Vikings-Judeus e até Árabes aqui no Norte ???
Não podemos ser mais diferentes num país tão pequeno, não é verdade
FOLCLORE !!! Diverge de distrito para distrito e há centenas de grupos distintos do Minho ao Algarve ...
Diferem na musica-instrumentos,trajes canções,danças etc etc
FRONTEIRAS MAIS ANTIGAS :NÃO!!! desde a Idade Média que houve alterações peninsulares
ACHO QUE FALA SEM SABER !!! O que está em causa é a INDEPENDENCIA DO NORTE _RIBADOURO ACIMA...Porque nós os do Norte somos mesmo diferentes dos do Sul ..
Leia um pouco mais sobre o assunto-Busque cultura..
e porque também duvido que seja um Portuense genuíno...


De Anibal Fontes a 1 de Maio de 2011 às 02:36
Biga, você está enganado,geneticamente Portugal é homogéneo (centro, norte e sul) e quem o diz são cientistas;

|It is known from archaeological data (Ribeiro, 1966) that, throughout the demographic history of Portugal, there was a clear differentiation between cultures that existed to the north of the
river Douro and those that influenced the south, beyond
the Tagus River. However, our results failed to detect
any significant male gene pool heterogeneity between
the north, central and south regions. Conversely, our
analysis revealed a general genetic homogeneity of Portuguese sub-population..|

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1529-8817.2005.00221.x/pdf

Só prova que o outro utilizador tinha razão e há homogeneidade, mas disso já se sabia, pois Portugal é basicamente celta e ibero, mas pré historico. Racialmente Portugal é de uma raça só, pelo menos de origem não é, somos caucasianos, não acreditem no que dizem os média.


De Sandro a 9 de Maio de 2012 às 23:12
Esse argumento das fronteiras parece o mesmo argumento de Barrancos para defender as touradas: é uma tradição com muitos anos... E depois? As coisas não mudam, não evoluem? A autodeterminação é um direito de todos os povos. Se a vontade do norte for a independência, ninguém fora do norte tem nada a ver com isso.


De biga a 10 de Maio de 2012 às 00:02
Ora assim é que se fala Sandro.....Livre pensamento, força no querer, ser diferente porque quer se quera aceitar ou não, Portuscale nasceu acima do Mondego e é pela diferença que nos distinguimos do Sul.

Não vale a pena tentar impor o inaceitável para nós, isto é a mistura com as gentes do Sul que nada têm a ver connosco. Tenho dito


De Rui a 12 de Novembro de 2009 às 11:44
Sem temos todos a ganhar. Então é mesmo andar para a frente com isso. ORGULHO CELTA, vergonha moura.


De Anónimo a 9 de Junho de 2008 às 11:26
Acho engraçado tais comentarios,se cono continente a unica regiao com fronteirasdefinidas é o ao algarve quanto ao norte e nortismos,acho engraçado pois os transmontanos não se identificam com os durienses se possamos chamar esse termo, visto ser a provincia douro litoral...comono futebol que e uma explanaçao do povo, o braga eo guimares n se identificam com fc.porto por exemplo, mas sendo do norte, nao me identifico com tais disparates, assim declarava a idendependencia do meu quintal e formava uma monarquia.jurei defender a patria portuguesa.Mas cada um e livre de pensar.


De Pseudex a 28 de Setembro de 2008 às 21:39
óh moços, tenham juízo!! Não me oponho a nenhuma ideia de divisão que propõem mas a ofença a outras regiões não demonstra mais do que parvoíce acumulada em gerações de frustrações imensas.
O povo do norte é bom, tem muita força, mas não é mais que os outros. Se a vossa é com alguém é para os meninos "todo poderosos" de Lisboa. Algum respeito por quem vos paga a pensões e os fundos de desemprego, pois, o dinheirinho que vos dão como esmola para endireitarem a vossa vidinha depois das fabricas fecharem vem do turismo e da exportação (não só de vinhos mas também) do Algarve. Se ha alguma região com mais direito de ser autónoma é o Algarve, quer a nivel historico quer económico. Voces chamam-nos africanos, mas sabem que a densidade de genes africanos é muito maior acima do Tejo? Sabem que a história de Portugal enquanto Portugal está no Algarve. Desde a medicina roubada aos árabes, passando pelos navegadores que sairam de Lagos...Se soubessem de história tinham vergonha do que dizem. Tenham juíso. Eu o que falei do Norte sei do que falo porque estou a viver em trás-os-montes. comportem-se

cumprimentos


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. E AGORA SR.MINISTRO , O Q...

. OS MAIORES PORTUGUESES - ...

. BIBA O PORTO!!!!

. INDEPENDENCIA DO NORTE

.arquivos

. Janeiro 2008

. Outubro 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds